A importância da Drenagem Linfática no Pós-Operatório

 em Artigos, Informativo

Muito procurada por quem precisa diminuir inchaços e quer atenuar a celulite, a drenagem linfática é uma técnica de massagem manual que tem por objetivo estimular o sistema linfático, por meio da ativação da circulação sanguínea e a condução dos líquidos em excesso para dentro dos vasos.

Dessa maneira, além de eliminar toxinas, a massagem também oxigena e nutre a pele, potencializando, por exemplo, a cicatrização e prevenindo fibroses. Por isso ela é de suma importância na recuperação após alguns tipos de cirurgias plásticas. “No pós-operatório, a drenagem linfática é fundamental para a redução do edema, orientação da pele e demais tecidos para uma cicatrização na posição adequada e prevenção da formação de fibroses. A melhora da circulação sanguínea promoverá maior oferta de oxigênio e nutrientes à pele, auxiliando na cicatrização”, explica o cirurgião plástico Rafael Varella, ressaltando também que a massagem ajuda também a amenizar dores, além de promover o bem-estar.

O profissional esclarece que todos os procedimentos que envolvem lipoaspiração necessitam de drenagem linfática. “Pelo menos 10 sessões são fundamentais, embora a quantidade seja variável. Pacientes que conseguem manter a drenagem por mais tempo, tendem a se recuperar mais rápido”, diz.

Dica: quando agendar a sua operação plástica, feche também o pacote de massagens, com profissionais de qualidade.

Profissionais habilitados para fazer drenagem linfática:

Entre os profissionais habilitados para realizar a drenagem estão os esteticistas, fisioterapeutas e massoterapeutas.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar