Lifting de mamas com SOS flacidez

 em Atualize-se

Desde o nascimento, o corpo humano sofre mudanças. Os anos passam e sentimos com ele as mudanças no tamanho, formato e textura da nossa pele, principalmente as mulheres quando falamos sobre a região das mamas. Podemos dizer que a região das mamas é a área que mais sofre com a frequência das alterações de volume, devido à forte presença hormonal em todas as épocas da vida.
As glândulas mamárias começam a aparecer no início da puberdade, momento em que os hormônios estrogênio e progesterona passam a agir, promovendo o crescimento da glândula adipocitária no local. Esse crescimento é quem vai ditar o tamanho e molde de cada mama, sendo a base da mama a parte mais larga e profunda, apoiada sobre o músculo peitoral maior responsável pela sustentação e firmeza do tecido.

Como estamos falando de uma região que é sustentação por gordura, músculo e fibras de colágeno e elastina ao mesmo tempo, é comum encontrarmos queixas de flacidez ou “queda mamária”, seja durante o envelhecimento ou independente do tempo, como em casos de emagrecimento e enfraquecimento muscular.

A flacidez, em qualquer região do corpo ou face, pode ser definida c,omo degradação do tecido conjuntivo ou muscular derivado do processo natural ou de um estímulo acelerado. Dependendo do tecido lesionado, podemos classifica-la em dois tipos, sendo elas:

– Flacidez Tissular ou conhecida como flacidez de pele: podemos classificar o tecido como flacidez de pele, aquele que apresenta falta na organização e produção das fibras de sustentação da pele, como colágeno, elastina e glicosaminoglicanas, além de apresentar falta de nutrição e aspecto desidratado.

– Flacidez Muscular ou flacidez do músculo: ocorre na musculatura subcutânea, e acomete a força dos músculos pelo desgaste das fibras de sustentação. Esta ação é caracterizada pela diminuição das proteínas e nutrição que dão vigor a estas fibras.

Independente da classificação podemos resumir alguns fatores principais que levam a flacidez das mamas:

 

  • Genética
  • Ganho e perda de peso com frequência (efeito sanfona)
  • Alimentação inadequada
  • Falta de hidratação
  • Gestação
  • Amamentação

 

  • Sedentarismo
  • Envelhecimento
  • Interação medicamento

 

Pensando nos fatores que desencadeiam a ptose e flacidez mamária, com o avanço da tecnologia, as indústrias cosméticas garantem que através do uso tópico há melhora na disfunção, mas caso tenha recursos eletroterápicos pode ser associado, pois irá potencializar o tratamento. O objetivo do tratamento é promover estimulo dos fibroblastos, repor nutrientes, renovação celular, hidratar intensamente e combater os radicais livres.

Importante enfatizar que o cliente precisa seguir as orientações do profissional de estética e utilizar os produtos para manutenção em casa.

Previna –se para que sua pele não sofra alterações.

Para conferir o protocolo de Lifting de Mamas, clique aqui.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar