Humanização nos espaços de saúde

 em Arquitetura e Decoração, Artigos

Decorações alegres e diferenciadas proporcionam mudanças no bem-estar e qualidade de vida dos pacientes


A alguns anos atrás, a imagem de hospitais e clínicas era diretamente relacionada a ambientes frios e que remetem à sofrimento, fazendo que com pessoas debilitadas e até mesmo visitantes tivessem o seu psicológico afetado pela impressão causada pelos espaços. Tais sentimentos, inclusive, faziam com que pacientes e familiares, influenciados pela energia do local, ficassem sem esperança e aguardassem pelo pior.

Em busca de mudar este cenário, arquitetos e profissionais começaram a desenvolver pesquisas a fim de alterar esta impressão de pessimismo.  Empenhados em proporcionar a maior harmonização possível, começaram a utilizar técnicas para humanizar tais espaços, proporcionando bem-estar e aconchego para pacientes e familiares.

Com essa mudança, muitos hospitais começaram a ser equiparados a hotéis, valorizando ainda mais a importância do atendimento e a decoração de seus leitos.

Graças a essa nova maneira de enxergar a estadia dos pacientes, os locais destinados à realização de exames também começaram a ser alterados com o objetivo de promover o conforto e melhora contínua de cada indivíduo em tais ambientes.

Atualmente, é possível observar unidades de tratamento intensivo decoradas com paredes revestidas de adesivos e pinturas que estimulam a imaginação de crianças e das pessoas que as acompanham.

A utilização de cores, objetos de diferentes formas e paisagismo contribuem para a harmonização e proporcionam a humanização do espaço.

Contudo, para que o ambiente seja apropriado – tanto para o público, quanto para os colaboradores -, é necessário planejamento adequado.

Além disso, é importante ressaltar que ao elaborar um projeto, é preciso levar em consideração as necessidades apontadas pelos pacientes e profissionais da área da saúde. Deste modo, é possível obter um ambiente confortável para atender ao público.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar