Abrace sua criança interior

 em Artigos, Parada Obrigatória

Crescer nem sempre significa deixar para trás a alegria da infância


Com o avanço da idade, as memórias vão se tornando um amontoado de pensamentos nostálgicos que volta e meia batem à porta. Aquele 11 de fevereiro…. Ou então, aquele dia ensolarado, fora de época, em julho de 1983, unido à lembrança de ser criança e à vontade de retornar a um passado em que as responsabilidades eram apenas coisas de gente grande.

E lá vem a idade. Os anos vão passando, e você precisa começar a tomar decisões. Às vezes, precisa ser mais impulsivo, já outras… Tem que pensar um pouquinho antes de dizer a primeira coisa que vem à mente. No fim das contas, quando você menos percebe, já precisa crescer, e nesse momento, já não admite à si mesmo ser da mesma maneira sincera e espontânea que, a muito tempo atrás, ainda criança, você era.

Aliás, volta e meia, uma pessoa cheia de esperança e fé no futuro começa a crescer e a crer que não pode preservar a visão otimista e perseverante que tinha ainda durante a infância. Ela encara a vida adulta com tanta seriedade que não se dá conta de que, na verdade, pode amadurecer e crescer sem desmotivar a sua criança interior. E convenhamos, é balela achar que precisar fugir de si mesmo para crescer de verdade! Ora, leitor, não tenha medo de sorrir em meio às adversidades.

Preserve a sua criança interior. Seja feliz. Ria escandalosamente e, às vezes, se der vontade, deite na grama num dia ensolarado e tente identificar formas e desenhos nas nuvens. Divirta-se. Você pode adiantar aqueles relatórios amanhã e sabe disso. Reveja aquela série antiga que você adorava na infância. Assista ao seu filme favorito da década de oitenta. Seja você, mas se permita renascer à cada primavera, seja ela a décima quinta, vigésima sexta ou octogésima nona. Renasça a cada dia com a certeza de que tem a mesma visão otimista que carregava consigo quando tinha dez anos.

A criança não hesita, ela é o que acredita e sonha em ser aquilo que a inspira. Permita-se você também. Nunca é tarde para montar os quebra cabeças da vida e ler aquele livro que você tanto queria, mas ainda não teve tempo. Você não precisa ser adulto sempre. Abrace a sua criança interior.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

massagem