A multifunção da técnica de massagem

 em Artigos, Informativo

A prática, cada vez mais difundida, conta com uma variedade de produtos cosméticos considerados imprescindíveis para deixá-la ainda mais eficiente


A técnica de massagem tem sido realizada há muitas décadas. Os primeiros registros do método possuem mais de 5.000 mil anos, e podem ser observados em pinturas feitas em cerâmicas, murais e túmulos. Há indícios de sua prática datados, inclusive, da pré-história. Desde os primórdios, é possível observar o quanto a técnica já era difundida, tanto no Ocidente quanto no Oriente, sendo aplicada na medicina Grega e Romana, e também na Sociedade Egípcia. Devido a isso, uma série de métodos distintos para a realização de massagens terapêuticas vem sendo desenvolvidos.

Desde então, os cosméticos têm se tornando grandes aliados quando o assunto é massagem, tanto corporal quanto facial. Com o avanço da cosmetologia, novos produtos surgiram no mercado apresentando diferenciais específicos e voltados para tratamentos distintos que fazem uso das propriedades terapêuticas que as massagens proporcionam. Portanto, a escolha correta do cosmético é tão importante quanto a técnica escolhida, já que é justamente a escolha do cosmético que irá atender as necessidades, e auxiliar na aplicação do método definido, seja ele para HLDG, gordura localizada, flacidez ou para ocasiões em que há mais de uma disfunção.

Em consequência da diversidade de produtos complementares existentes, fica difícil escolher só um. Por isso, é importante compreender alguns conceitos e anotar algumas dicas.

Base cosmética
É o veículo que incorpora todos os demais componentes da fórmula. Mais do que proporcionar sensorial, a base cosmética é fundamental para incorporar os ativos de forma compatível, promovendo o efeito da técnica desejada. No caso da massagem corporal, a base cosmética mais indicada é a cremosa, pois proporciona maior deslizamento e promove a permeação dos ativos de forma gradual. Já nas massagens faciais, é possível fazer uso também dos séruns, que mesmo apresentando consistência aquosa, são capazes de proporcionar maior deslizamento para a região.

Componentes ativos
São ingredientes fundamentais para proporcionar o efeito desejado. São eles os responsáveis pelas características de cada produto. Além disso, também contribuem para a definição de indicação. Os ativos podem ter origem animal, vegetal ou serem sintetizados através de tecnologias específicas. O importante é saber reconhecer a função de cada componente, pois somente assim será possível compreender a indicação do produto e sua adequação ao tratamento
proposto.

Alguns produtos possuem, por característica, formulação neutra. Ou seja, não possuem componentes ativos e acabam se tornando coringas quando o assunto é massagem relaxante, por exemplo. Neste tipo de produto, é possível acrescentar durante sua aplicação alguns óleos essenciais, e também trabalhar com a aromaterapia, já que a técnica não é indicada somente para relaxamento, e pode ser aplicada a metodologias de massagem diferentes. É necessário, contudo, observar a indicação de cada óleo essencial.

Fragrância
Utilizada para proporcionar aroma agradável, a fragrância é mais do que uma forma de mascarar odores desagradáveis de bases cosméticas, já que traz expectativas psicológicas para o cliente, podendo provocar sensações agradáveis ou não, dependendo do estado emocional de cada indivíduo. Desta forma, a recomendação é optar por fragrâncias mais suaves para não correr o risco de pecar pelo excesso. Nos últimos anos, os perfumes vêm ganhando espaço na estética voltada para o campo psicológico, através da Aromaterapia. A aromaterapia é realizada com óleos essenciais extraídos de plantas aromáticas, que fazem uso de propriedades específicas presentes em cada substância.

Para aplicar a terapia olfativa, o cliente deve ser muito bem avaliado, pois só assim será possível compreender suas reais necessidades psicológicas e poder associá-las ao uso correto dos óleos essenciais. O ideal, neste caso, é utilizar um creme neutro para a sinergia dos óleos essenciais associado ao tratamento individualizado, e aplicá-lo de acordo com a necessidade de cada cliente.

Falando em tratamento personalizado, é importante abordar um pouco mais sobre princípios ativos e dar destaque nas indicações para não errar na hora de definir tratamento mais adequado.

HLDG
Conhecida popularmente como celulite, a HLDG (Hidrolipodistrofia ginóide) pode ser reduzida com tratamentos estéticos, alimentação equilibrada e prática de atividades físicas. São utilizadas diversas técnicas manuais ou eletroterápicas que tem como objetivo estimular o metabolismo e a lipólise, reduzir a retenção de líquidos e diminuir o efeito “Casca de laranja”.

  • Extrato de Algas: Ação antioxidante e combate a degradação das fibras de colágeno e elastina;
  • Physiogenyl: Complexo oligomineral catalisador, obtido pela associação de sais minerais ao PCA, um componente do fator de hidratação natural da pele. Repõe nutrientes essenciais para as células, e estimula o seu metabolismo energético, melhorando a qualidade do tecido.

Gordura localizada
Acúmulo de adipócitos em determinadas regiões do corpo independente de sobrepeso. Costuma aparecer em regiões específicas do corpo como quadril, flanco, abdômen ou costas, locais que normalmente são mais difíceis de se exercitar, e até mesmo podem estar relacionados com a postura e o sedentarismo, além também de alterações hormonais. Para ajudar reduzir os indesejáveis pneuzinhos, além do exercício físico e alimentação equilibrada, alguns ativos para o tratamento estético são mais adequados:

  • Cafeína: Ação lipolítica. Inibe a enzima fosfodiesterase, promovendo o processo de degradação dos triglicérides armazenados nos adipócitos;
  • Hera: Aumenta a troca de nutrientes entre as células, além de estimular o tecido e induzir a lipólise. Controla os mediadores da inflamação e regenera o tecido lesionado;
  • Extrato de Equisetum: Conhecida também como cavalinha, atua diretamente no aumento do fluxo de nutrientes e do metabolismo, favorecendo a lipólise e a redução de medidas;
  • Ruscus: Fortalece a parede dos vasos sanguíneos fragilizados, reduz o edema local e confere ação firmadora pela atuação antielastase;
  • Altéia: Emoliente, hidratante, antioxidante, descongestionante, anti-inflamatória e vaso-dilatador.

Flacidez
Perda do tônus e da elasticidade da pele. A flacidez pode ser ocasionada por diversos fatores como emagrecimento repentino, sol, má alimentação e até mesmo o tabagismo. O objetivo do tratamento é estimular a síntese de novas fibras que irão dar maior sustentação ao tecido e reduzir a aparência mole da pele.

  • Extratos Marinhos de Caviar: Aumenta a biossíntese de colágeno e elastina, promovendo a redensificação e melhora na qualidade, elasticidade e firmeza da pele;
  • Ostras: Rica em minerais, proteínas e ácidos graxos, apresenta ainda alguns aminoácidos essenciais. Repõe nutrientes e melhora a qualidade e firmeza do tecido;
  • Algas Laminárias: Composta por flavonoides, vitaminas e sais minerais, estimulam o metabolismo cutâneo, atingindo o estímulo à síntese de colágeno e elastina.

Ainda é possível citar alguns ativos multifuncionais, que são considerados coringas por serem capazes de minimizar os efeitos de disfunções distintas.

  • Cafeisilane C: Em sua forma biotecnológica, aumenta a permeação do ativo. Associa cafeína ao silício orgânico com ação lipolítica, e inibe o acúmulo de nova gordura localizada. Aumenta a circulação local, diminui o edema local e confere ação firmadora;
  • Gingko Biloba: Reduz o nível de inflamação da região, além de apresentar ação antioxidante e anticelulítica.
  • Gengibre: Possui propriedades anti-inflamatórias, hiperemiantes, descongestionantes e estimulantes da microcirculação periférica;
  • Centella Asiática: Ação descongestionante e venotônica. Atua como estimulante do metabolismo e ativador da microcirculação, equilibrando a irrigação dos tecidos;
  • Algas Marinhas: Ricas em nutrientes, sais minerais e vitaminas, agem como estimulantes metabólicos, ativando a microcirculação que balanceia o suprimento dos tecidos. Possui propriedades remineralizantes, cicatrizantes e hidratantes;
  • Óleo essencial de lavanda: Um dos óleos mais versáteis, pois possui muitas propriedades. Ao ser aplicado na pele, atua como anti-inflamatório, cicatrizante, regenerador, além de ser considerado rejuvenescedor.

Anotando todas estas recomendações, os resultados serão surpreendentes e capazes de garantir a satisfação de seus clientes.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar