Maskne: O que é e como evitar?

 em Artigos, Dicas para você

No período atual que estamos vivendo, as máscaras faciais se tornaram necessárias e indispensáveis no dia a dia, a fim de prevenir a transmissão da COVID-19. No entanto, desde que o uso do acessório passou a ser obrigatório, muitas pessoas vem sofrendo com o desencadeio de acne na região.

A Maskne, como está sendo chamada, é a junção da palavra mask (máscara) com acne, e pode ser causada pelo atrito e contato direto do material com o rosto, região abundante em glândulas sebáceas, e a oleosidade e umidade que acabam se acumulando na região, por conta do tecido da máscara, que impede a respiração habitual da pele. Todos esses fatores contribuem para o surgimento da acne, como explica a esteticista e técnica Bel Col, Rute Miranda: “O processo acneico pode ser consequência do uso da máscara, tanto pelo aumento da oleosidade retida e o atrito, como também pela proliferação desordenada de bactérias e microrganismos na pele provindos da cultura de micróbios dos próprios tecidos ou de uma disbiose na microbiota da pele que estimula o crescimento das principais bactérias encontradas nas lesões de acne.”

Por se tratar de uma acne provocada por fatores físicos, e não internos, como desordem hormonal, podemos tratar e evitar a Maskne seguindo uma rotina de cuidados:Limpe o rosto com um sabonete facial higienizante;

Mantenha a máscara sempre limpa, lavando diariamente (Lembre-se de evitar o amaciante);

Evite o uso de maquiagem na região;

Use sempre filtro solar;

Faça o uso de um suplemento alimentar próprio para combater a oleosidade excessiva local.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar